Resenha: Soir De Lune, de Sisley

Soir de Lune, de Sisley me lembrou sabores, lugares, pessoas, momentos. 
E como se não fosse tão sensorial, perfume é uma questão de pele mesmo, pois cada pessoa tem seu ph, seu tipo (seca, normal, oleosa, mista), se transpira mais ou menos, conforme o metabolismo da pessoa e do lugar e clima onde vive, personalidade, estilo de vida, gosto pessoal...
O perfume de frasco romântico e tampa icônica, teve uma inspiração sensual:
"Sob uma chuva de estrelas, noites de lua são promessa inesperada de felicidade ... Sob a miríade de estrelas, noites de luar prometeu alegrias inesperadas ..."

Frasco de Edição Limitada de 2015.

Notas em perfumaria são separadas em três classes: notas de topo/cabeça/saída ('abrem' o perfume), notas de coração/média ('trânsição' das notas), e notas de base/fundo ('fecham' a fragrância e permanecem por mais tempo).
Estas podem ser sentidas em relação ao tempo, após a aplicação de um perfume. A duração depende, sobretudo, da concentração dos óleos essenciais.  
Primeiro vem as notas de topo, que duram a menor quantidade de tempo. Depois, a nota de coração que une à nota de base, quando são todas expostas, e a fragrância se mantém por mais tempo. Estas classificações são criadas cuidadosamente com conhecimento do processo de evaporação e da utilização prevista do perfume.

Notas de Soir de Lune: abre com frutas cítricas (bergamota, limão, laranja, tangerina) e se marca pelas especiarias (noz-moscada,  óleo de pimenta Capsicum, e o coentro).
Evolui frutal com o pêssego, mas sobressaindo floral, pelas flores da Mimosa, Rosa de Maio, Jasmim, Lírio do Vale e da Íris. Fecha amadeirado, pelo Patchouli ou Oriza, Mel, Sândalo, almíscar e o Musgo de Carvalho.

Minha opinião: Noto ser um perfume rico, feminino e marcante, e até ouso dizer, para mulheres com personalidade forte, exigentes. É um chipré clássico, que não se une a perfumes que vem e vão. Abre luminoso, e pouco depois, já sinto o floral levemente adocicado. Fecha mais sequinho e amadeirado. Dura o dia inteiro e mesmo usando pouco (sim, rende muito) deixa um rastro delicado e feminino no ar, o qual quase sempre, rende olhares e elogios. Guardo os meus perfumes na caixa fechada, dentro do armário escuro e fresco. Vale muito a pena, porque dura anos.

Curiosidades: Segundo a Sisley, a marca está ao longo de três gerações com a família d’Ornano, que tem criado e dirigido empresas no setor de cosméticos de luxo - presente nos 5 continentes, em mais de 90 países.

"Guiados pela sua inspiração artística, Hubert e Isabelle d’Ornano sempre imaginaram, com toda a liberdade, perfumes de assinatura que reivindicam a sua originalidade e a sua personalidade. Compostos de belas essências, esses perfumes de exceção têm, cada um, a sua história. São um apelo ao sonho e à sedução. Poéticos e modernos, é preciso usá-los para descobrir as verdadeiras essências. Apesar de exclusivos, eles estão entre os grandes sucessos da perfumaria francesa." - Sisley 

DominiqueRopion, o perfumista que assina este perfume floral chipre feminino moderno e romântico (2006), nos deu um perfume agradável, marcante, elegante e sensual.

Tenho o Soir de Lune em spray com 100ml (existe de 30ml, 50ml, 100ml + coffret + miniaturas) e a loção corporal da mesma linha e uso em momentos frescos, frios e/ou especiais, ou ainda, quando quero elevar as sensações, sentir e respirar Soir de Lune. Inspirar!


Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário